DestaqueEconomiaPolítica

Áudios e vídeo: Caminhoneiros rejeitam redução de R$ 0,46 no diesel e greve continua

Após pronunciamento na noite de domingo (27) em rede nacional pelo Presidente Michel Temer, falando das medidas discutidas para por fim à greve dos caminhoneiros, novos áudios começaram a circular, dando conta de que a greve vai continuar com muito mais força, havendo ainda a convocação para que proprietários de veículos pequenos se juntem para forçar a redução dos preços da gasolina e do Etanol. Muitos caminhoneiros consideraram serem insuficientes as propostas feitas pelo Governo Federal e acharam muito pouco a redução de R$ 0,46 no litro do diesel nos postos de combustíveis.

Ouça os áudios divulgados no Portal o Tempo:

 

Em um vídeo publicado na página Planeta Caminhão, no Facebook, um representante da categoria diz que a nova proposta não será aceita.

“Os caminhoneiros fizeram uma reunião com o governo federal e o governo do Estado, e voltaram agora há pouco com a seguinte resolução: eles não aceitaram os termos que o governo apresentou a eles”, diz o representante, Leonardo de Andrade.

Assista ao vídeo alertando para a continuação da greve:

Caminhoneiros não aceitam proposta do governo e vão ficar paralisados em todo o Brasil até quarta-feira

Posted by Planeta Caminhão on Sunday, May 27, 2018

 

Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.