Futucando Notícias

MENU
Logo
Terça, 04 de agosto de 2020
Publicidade
Publicidade

Acidente

Vigilante de terceirizada da Veracel morre em grave acidente a caminho do trabalho

Ele iria vender ovos e galinhas neste domingo e ganharia comissão

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um vigilante de uma empresa terceirizada da Veracel, identificado como Robson dos Santos Souza, 43 anos, morreu ao colidir o veículo Fiat Uno que dirigia, frontalmente com uma carreta que seguia no sentido a Vitória/ES por volta das 18:00 pouco depois da roça do povo em Eunápolis.

Robson estava a caminho do trabalho na portaria da Fábrica da Veracel e o carro que dirigia pertencia a um comerciante. O vigilante complementava a sua renda recebendo comissão pela venda de ovos e galinhas em bairros da cidade e havia carregado o veículo para trabalhar no domingo, quando retornasse de seu serviço noturno.

 

No local da tragédia, a nossa reportagem conversou com um Policial Rodoviário Federal que nos informou que devido a complexidade do acidente, onde apesar da colisão ter ocorrido na mão de direção no sentido em que seguia o vigilante, a perícia deverá apontar as circunstâncias e as causas da batida fatal.O motorista da carreta permaneceu no local durante todo o tempo e o corpo de Robson dos Santos Souza só pôde ser removido por volta das 22:30 após a chegada do corpo de bombeiros de Porto Seguro que precisaram cortar as ferragens para retirar o vigilante que estava prensado.

Morador do caminho 6 do Parque da Renovação, Robson era muito querido e deixa esposa e três filhos, o local do velório e sepultamento ainda não foi divulgado e deverá seguir protocolo de cuidados para evitar aglomerações em tempos de coronavírus.

A Polícia Civil vai investigar as causas do acidente.

Fonte/Créditos: Jean Ramalho MTB 6086/BA e DRT 8296/BA

Créditos (Imagem de capa): Arquivo Pessoal

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )