Futucando Notícias

Vereador que não fiscaliza, prevarica; Quem encerra a carreira de político ruim é o eleitor consciente

É dever do vereador fiscalizar se o dinheiro do povo, pago com impostos arrecadados, é revertido para o bem estar da população
Vereador que não fiscaliza, prevarica; Quem encerra a carreira de político ruim é o eleitor consciente
2769

Vereador que não fiscaliza, prevarica; Quem encerra a carreira de político ruim é o eleitor consciente

Jean Ramalho MTB 6086/BA / Pesquisas/Internet

A população precisa acompanhar intensamente os acontecimentos que envolvem a atuação dos poderes executivo e legislativo, que são diferentes, mas devem ser harmoniosos quando beneficiam a população e independentes quando houver a necessidade de denunciar, cobrar e punir.

É dever do vereador fiscalizar se o dinheiro do povo, pago com impostos arrecadados, é revertido para o bem estar da população, em obras de qualidade e serviços pontuais. Essa função fiscalizadora não se restringe somente a matérias de ordem orçamentárias e financeiras da prefeitura, mas os vereadores podem também julgar as infrações político-administrativas do prefeito, vice-prefeito e principalmente as deles.

Não se pode aceitar que vereadores virem as costas para a população, permaneçam como representantes do povo e envergonhem quem os elegeu para contribuir com o desenvolvimento do município, não se pode aceitar que transformem a Câmara e a Prefeitura em cabides de empregos, penduricalhos de cabos eleitorais e moedas de trocas para fins de enriquecimentos ilícitos.

Quem tem conhecimento de um crime e não toma providências, prevarica. A Lei é clara apesar de muitos atropelarem a mesma.

É função de um vereador fiscalizar como está sendo gasto o dinheiro público. A população tem o direito de saber se a verba direcionada para realização de uma determinada obra esta sendo gasta em conformidade com o projeto apresentado para a liberação do dinheiro.

Segundo o Código Penal, prevaricar é "retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal", portanto, se um vereador tomar conhecimento de um fato que foge a normalidade é seu dever apurar, caso contrario estará prevaricando.

É obrigação  apurar e denunciar ao Ministério Público os atos duvidosos e dolosos praticados pela gestão municipal.

Quem elege ou encerra a carreira de político ruim é o eleitor. Não venda seu voto, nossa cidade precisa da sua escolha consciente.

OUVIR NOTÍCIA

A população precisa acompanhar intensamente os acontecimentos que envolvem a atuação dos poderes executivo e legislativo, que são diferentes, mas devem ser harmoniosos quando beneficiam a população e independentes quando houver a necessidade de denunciar, cobrar e punir.

É dever do vereador fiscalizar se o dinheiro do povo, pago com impostos arrecadados, é revertido para o bem estar da população, em obras de qualidade e serviços pontuais. Essa função fiscalizadora não se restringe somente a matérias de ordem orçamentárias e financeiras da prefeitura, mas os vereadores podem também julgar as infrações político-administrativas do prefeito, vice-prefeito e principalmente as deles.

Não se pode aceitar que vereadores virem as costas para a população, permaneçam como representantes do povo e envergonhem quem os elegeu para contribuir com o desenvolvimento do município, não se pode aceitar que transformem a Câmara e a Prefeitura em cabides de empregos, penduricalhos de cabos eleitorais e moedas de trocas para fins de enriquecimentos ilícitos.

Quem tem conhecimento de um crime e não toma providências, prevarica. A Lei é clara apesar de muitos atropelarem a mesma.

É função de um vereador fiscalizar como está sendo gasto o dinheiro público. A população tem o direito de saber se a verba direcionada para realização de uma determinada obra esta sendo gasta em conformidade com o projeto apresentado para a liberação do dinheiro.

Segundo o Código Penal, prevaricar é "retardar ou deixar de praticar, indevidamente, ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa de lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal", portanto, se um vereador tomar conhecimento de um fato que foge a normalidade é seu dever apurar, caso contrario estará prevaricando.

É obrigação  apurar e denunciar ao Ministério Público os atos duvidosos e dolosos praticados pela gestão municipal.

Quem elege ou encerra a carreira de político ruim é o eleitor. Não venda seu voto, nossa cidade precisa da sua escolha consciente.

Fonte

Jean Ramalho MTB 6086/BA / Pesquisas/Internet

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Homem é baleado após discussão em bar; vítima é encaminhada à hospital
Homem é baleado após discussão em bar; vítima é encaminhada à hospital
VISUALIZAR
Policial
Moto com placa de Eunápolis é tomada de assalto por bandidos no interior de Guaratinga
Moto com placa de Eunápolis é tomada de assalto por bandidos no interior de Guaratinga
VISUALIZAR
Policial
Colisão entre carro e moto deixa uma pessoa morta na BR-101
Colisão entre carro e moto deixa uma pessoa morta na BR-101
VISUALIZAR
Política
Corrupção: prefeito de Camacan compra 10 mil kg de peixe em bomboniere
Corrupção: prefeito de Camacan compra 10 mil kg de peixe em bomboniere
VISUALIZAR
Brasil
Aluno prejudicado por questão logística pode pedir reaplicação do Enem
Aluno prejudicado por questão logística pode pedir reaplicação do Enem
VISUALIZAR
Brasil
SEC adia eleição de gestores escolares e mandato de atuais diretores será prorrogado
SEC adia eleição de gestores escolares e mandato de atuais diretores será prorrogado
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )