Futucando Notícias

Sofre com intestino preso? Experimente uma dica simples que pode muito te ajudar ou curar de vez

especialista dá a dica para por fim ao sofrimento
Sofre com intestino preso? Experimente uma dica simples que pode muito te ajudar ou curar de vez
santima.studio/Shutterstock
1778

Sofre com intestino preso? Experimente uma dica simples que pode muito te ajudar ou curar de vez

Por: Nutricionista Ana Paula Pujol/Dicas Internet

Enquanto algumas pessoas experimentam aquela sensação desagradável da constipação apenas raramente, outras sofrem com este problema de forma crônica. Os sintomas se manifestam com o intestino preso, fezes irregulares e duras.

São muitas as causas que levam a este distúrbio, que normalmente está associado a dieta pobre em nutrientes, sedentarismo e baixo consumo de água, assim como o movimento lento dos alimentos no sistema digestivo. Felizmente, existem algumas frutas, como o kiwi, que aliviam a constipação, diminuindo este tempo de trânsito intestinal e aumentando a frequência das fezes.

Kiwi ajuda intestino preso

O kiwi é um santo remédio para auxiliar no tratamento da constipação: segundo a nutricionista Ana Paula Pujol, a fruta consegue promover fezes mais volumosas e macias, além da melhora da motilidade intestinal e aumento da frequência de defecação.

Isso acontece porque as substâncias presentes na fruta têm efeito prebiótico. Entre elas, estão a zyactinase, um complexo de pelo menos cinco enzimas, incluindo actinidina, que possui características laxantes e que ajudam na digestão.

Em seu perfil no Instagram, a especialista cita dois estudos que comprovam a eficácia do kiwi para aumentar o número de evacuações. Uma das pesquisas atestou que o extrato da fruta conseguiu suavizar as fezes, melhorando os sintomas de distensão e dores abdominais.

 

Outro estudo revelou que o kiwi também amplia a proliferação de bactérias do bem, como a Faecalibacterium prausnitzii. Quando em número reduzido, a falta delas pode causar alterações intestinais, como a Síndrome do Intestino Irritável.

Qual quantidade consumir?

A nutricionista recomenda consumir 2 kiwis por dia ou uma unidade da fruta para cada 30kg de peso corporal. Mas alerta que alguns indivíduos podem ter alergia à actinidina do kiwi. “Nessas pessoas, o consumo do kiwi pode causar coceira, inflamação na boca e garganta, entre outras reações”, explica.

OUVIR NOTÍCIA

Enquanto algumas pessoas experimentam aquela sensação desagradável da constipação apenas raramente, outras sofrem com este problema de forma crônica. Os sintomas se manifestam com o intestino preso, fezes irregulares e duras.

São muitas as causas que levam a este distúrbio, que normalmente está associado a dieta pobre em nutrientes, sedentarismo e baixo consumo de água, assim como o movimento lento dos alimentos no sistema digestivo. Felizmente, existem algumas frutas, como o kiwi, que aliviam a constipação, diminuindo este tempo de trânsito intestinal e aumentando a frequência das fezes.

Kiwi ajuda intestino preso

O kiwi é um santo remédio para auxiliar no tratamento da constipação: segundo a nutricionista Ana Paula Pujol, a fruta consegue promover fezes mais volumosas e macias, além da melhora da motilidade intestinal e aumento da frequência de defecação.

Isso acontece porque as substâncias presentes na fruta têm efeito prebiótico. Entre elas, estão a zyactinase, um complexo de pelo menos cinco enzimas, incluindo actinidina, que possui características laxantes e que ajudam na digestão.

Em seu perfil no Instagram, a especialista cita dois estudos que comprovam a eficácia do kiwi para aumentar o número de evacuações. Uma das pesquisas atestou que o extrato da fruta conseguiu suavizar as fezes, melhorando os sintomas de distensão e dores abdominais.

 

Outro estudo revelou que o kiwi também amplia a proliferação de bactérias do bem, como a Faecalibacterium prausnitzii. Quando em número reduzido, a falta delas pode causar alterações intestinais, como a Síndrome do Intestino Irritável.

Qual quantidade consumir?

A nutricionista recomenda consumir 2 kiwis por dia ou uma unidade da fruta para cada 30kg de peso corporal. Mas alerta que alguns indivíduos podem ter alergia à actinidina do kiwi. “Nessas pessoas, o consumo do kiwi pode causar coceira, inflamação na boca e garganta, entre outras reações”, explica.

Fonte

Por: Nutricionista Ana Paula Pujol/Dicas Internet

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Paciente em MG não se enquadra na definição de caso suspeito de coronavírus, diz...
Paciente em MG não se enquadra na definição de caso suspeito de coronavírus, diz ministério
VISUALIZAR
Saúde
Estados Unidos confirmam caso de coronavírus que causa um tipo de pneumonia que é...
Estados Unidos confirmam caso de coronavírus que causa um tipo de pneumonia que é transmitida de pessoa a pessoa
VISUALIZAR
Saúde
Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil;Há a possibilidade de que o...
Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil;Há a possibilidade de que o vírus cause uma pandemia
VISUALIZAR
Economia
Wish testa logística para acelerar entregas no Brasil
Wish testa logística para acelerar entregas no Brasil
VISUALIZAR
Economia
Começou a promoção de verão da Móveis Soares com ofertas imperdíveis
Começou a promoção de verão da Móveis Soares com ofertas imperdíveis
VISUALIZAR
Saúde
Venenos de vespa e escorpião podem auxiliar tratamento de tuberculose
Venenos de vespa e escorpião podem auxiliar tratamento de tuberculose
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )