Futucando Notícias

OAB vai questionar no CNJ edital do concurso de juízes leigos do TJ-BA

Segundo o relator do processo, conselheiro Alex Ornelas, o edital é omisso ao não prever a capacitação técnica dos profissionais.
OAB vai questionar no CNJ edital do concurso de juízes leigos do TJ-BA
Foto: Cláudia Cardozo / Bahia Notícias

OAB vai questionar no CNJ edital do concurso de juízes leigos do TJ-BA

Bahia Noticias

A seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) vai abrir um procedimento administrativo no Conselho Nacional de Justiça contra o edital do concurso de juiz leigo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A abertura do processo foi decidida na sessão plenária da última sexta-feira (4). 

 Segundo o relator do processo, conselheiro Alex Ornelas, o edital é omisso ao não prever a capacitação técnica dos profissionais. "Contrário ao novo Código de Processo Civil (CPC) e ao próprio CNJ, em sua Resolução 125, o Tribunal enxerga o conciliador como mero digitador, um auxiliar administrativo, violando a exigência de certificação de curso de capacitação. Por isso iremos ao CNJ denunciar a situação", ressaltou. 

 O concurso foi aberto em setembro deste ano para provimento de 724 vagas, com remuneração de até R$ 3,5 mil para conciliadores e até R$ 9,8 mil para juízes leigos. Para concorrer a vaga de juiz leigo, é preciso comprovar experiência de dois anos na advocacia. A prova deve ser aplicada no dia 27 de outubro e ocorrerão nas seguintes cidades: Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Camaçari, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

OUVIR NOTÍCIA

A seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA) vai abrir um procedimento administrativo no Conselho Nacional de Justiça contra o edital do concurso de juiz leigo do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A abertura do processo foi decidida na sessão plenária da última sexta-feira (4). 

 Segundo o relator do processo, conselheiro Alex Ornelas, o edital é omisso ao não prever a capacitação técnica dos profissionais. "Contrário ao novo Código de Processo Civil (CPC) e ao próprio CNJ, em sua Resolução 125, o Tribunal enxerga o conciliador como mero digitador, um auxiliar administrativo, violando a exigência de certificação de curso de capacitação. Por isso iremos ao CNJ denunciar a situação", ressaltou. 

 O concurso foi aberto em setembro deste ano para provimento de 724 vagas, com remuneração de até R$ 3,5 mil para conciliadores e até R$ 9,8 mil para juízes leigos. Para concorrer a vaga de juiz leigo, é preciso comprovar experiência de dois anos na advocacia. A prova deve ser aplicada no dia 27 de outubro e ocorrerão nas seguintes cidades: Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Camaçari, Feira de Santana, Guanambi, Ilhéus, Irecê, Itaberaba, Jequié, Juazeiro, Paulo Afonso, Porto Seguro, Salvador, Santo Antônio de Jesus, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas e Vitória da Conquista.

Fonte

Bahia Noticias

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Economia
Corte de energia elétrica está suspenso por três meses
Corte de energia elétrica está suspenso por três meses
VISUALIZAR
Saúde
Justiça impede Embasa de suspender fornecimento de água por 90 dias
Justiça impede Embasa de suspender fornecimento de água por 90 dias
VISUALIZAR
Policial
Eunápolis: Corpo de homem é encontrado sem a cabeça
Eunápolis: Corpo de homem é encontrado sem a cabeça
VISUALIZAR
Saúde
Pesquisadores brasileiros desenvolvem teste rápido 50% mais barato para Covid-19
Pesquisadores brasileiros desenvolvem teste rápido 50% mais barato para Covid-19
VISUALIZAR
Saúde
Covid-19 é três vezes menos letal no Brasil do que na Itália
Covid-19 é três vezes menos letal no Brasil do que na Itália
VISUALIZAR
Economia
Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhadores informais (MEI)
Câmara aprova auxílio de R$ 600 por mês para trabalhadores informais (MEI)
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )