Futucando Notícias

Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos

a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime
Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos

Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos

IG

Uma mulher de 48 anos foi presa após matar, decapitar, cortar o pênis do marido e dar de alimento para cachorros na vila de Obariv, na Ucrânia. Identificada apenas como “Maria”, a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime, mas não conseguiu.

Segundo a polícia, Maria esperou o marido chegar em casa do trabalho e dormir para atacá-lo. Ela o asfixiou, arrancou a cabeça dele com um machado, arrancou os órgão genital, dando-o ao cachorro e tentou esquartejar o corpo, mas não conseguiu. Em seguida, ela saiu de casa e pediu ajuda na vizinhança.

“As mãos, os pés e toda a roupa dela estavam cobertos em sangue . Ela disse ‘estou em apuros, matei meu marido’. Eu não acreditei nela”, afirmou uma vizinha da família, Nadezhda Opanasiu, em entrevista à mídia local. Em depoimento à polícia, a mulher disse que sofria violência doméstica por anos e que aquela foi a única forma que encontrou de se livrar dos abusos.

“Os vizinhos confirmaram que já viram o marido batendo nela e perseguindo ela com um machado várias vezes. Ela nunca prestou queixa”, afirmou o oficial da polícia. Ela foi presa e deve responder por assassinato, podendo passar até 15 anos presa.

OUVIR NOTÍCIA

Uma mulher de 48 anos foi presa após matar, decapitar, cortar o pênis do marido e dar de alimento para cachorros na vila de Obariv, na Ucrânia. Identificada apenas como “Maria”, a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime, mas não conseguiu.

Segundo a polícia, Maria esperou o marido chegar em casa do trabalho e dormir para atacá-lo. Ela o asfixiou, arrancou a cabeça dele com um machado, arrancou os órgão genital, dando-o ao cachorro e tentou esquartejar o corpo, mas não conseguiu. Em seguida, ela saiu de casa e pediu ajuda na vizinhança.

“As mãos, os pés e toda a roupa dela estavam cobertos em sangue . Ela disse ‘estou em apuros, matei meu marido’. Eu não acreditei nela”, afirmou uma vizinha da família, Nadezhda Opanasiu, em entrevista à mídia local. Em depoimento à polícia, a mulher disse que sofria violência doméstica por anos e que aquela foi a única forma que encontrou de se livrar dos abusos.

“Os vizinhos confirmaram que já viram o marido batendo nela e perseguindo ela com um machado várias vezes. Ela nunca prestou queixa”, afirmou o oficial da polícia. Ela foi presa e deve responder por assassinato, podendo passar até 15 anos presa.

Fonte

IG

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Operação encontra postos de combustíveis enganando consumidores em Ilhéus e região
Operação encontra postos de combustíveis enganando consumidores em Ilhéus e região
VISUALIZAR
Justiça
CCJ da Câmara aprova PEC que assegura o direito à legítima defesa
CCJ da Câmara aprova PEC que assegura o direito à legítima defesa
VISUALIZAR
Policial
Semana Nacional de Trânsito de 2019 se inicia com o tema “No Trânsito, o Sentido é a...
Semana Nacional de Trânsito de 2019 se inicia com o tema “No Trânsito, o Sentido é a Vida”
VISUALIZAR
Saúde
Grávida passa mal na porta da igreja e morre minutos antes do casamento
Grávida passa mal na porta da igreja e morre minutos antes do casamento
VISUALIZAR
Policial
Suspeito de estuprar mulher e furar a orelha dela com chave de fenda após carona é preso -...
Suspeito de estuprar mulher e furar a orelha dela com chave de fenda após carona é preso - Varela Notícias - Conectado
VISUALIZAR
Justiça
Bolsonaro sanciona lei que obriga autor de violência doméstica a ressarcir governo
Bolsonaro sanciona lei que obriga autor de violência doméstica a ressarcir governo
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )