Futucando Notícias

Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos

a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime
Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos
1028

Mulher mata marido, corta pênis dele e dá para cão comer após sofrer abusos

IG

Uma mulher de 48 anos foi presa após matar, decapitar, cortar o pênis do marido e dar de alimento para cachorros na vila de Obariv, na Ucrânia. Identificada apenas como “Maria”, a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime, mas não conseguiu.

Segundo a polícia, Maria esperou o marido chegar em casa do trabalho e dormir para atacá-lo. Ela o asfixiou, arrancou a cabeça dele com um machado, arrancou os órgão genital, dando-o ao cachorro e tentou esquartejar o corpo, mas não conseguiu. Em seguida, ela saiu de casa e pediu ajuda na vizinhança.

“As mãos, os pés e toda a roupa dela estavam cobertos em sangue . Ela disse ‘estou em apuros, matei meu marido’. Eu não acreditei nela”, afirmou uma vizinha da família, Nadezhda Opanasiu, em entrevista à mídia local. Em depoimento à polícia, a mulher disse que sofria violência doméstica por anos e que aquela foi a única forma que encontrou de se livrar dos abusos.

“Os vizinhos confirmaram que já viram o marido batendo nela e perseguindo ela com um machado várias vezes. Ela nunca prestou queixa”, afirmou o oficial da polícia. Ela foi presa e deve responder por assassinato, podendo passar até 15 anos presa.

OUVIR NOTÍCIA

Uma mulher de 48 anos foi presa após matar, decapitar, cortar o pênis do marido e dar de alimento para cachorros na vila de Obariv, na Ucrânia. Identificada apenas como “Maria”, a mulher tentou esquartejar o corpo do esposo após cometer o crime, mas não conseguiu.

Segundo a polícia, Maria esperou o marido chegar em casa do trabalho e dormir para atacá-lo. Ela o asfixiou, arrancou a cabeça dele com um machado, arrancou os órgão genital, dando-o ao cachorro e tentou esquartejar o corpo, mas não conseguiu. Em seguida, ela saiu de casa e pediu ajuda na vizinhança.

“As mãos, os pés e toda a roupa dela estavam cobertos em sangue . Ela disse ‘estou em apuros, matei meu marido’. Eu não acreditei nela”, afirmou uma vizinha da família, Nadezhda Opanasiu, em entrevista à mídia local. Em depoimento à polícia, a mulher disse que sofria violência doméstica por anos e que aquela foi a única forma que encontrou de se livrar dos abusos.

“Os vizinhos confirmaram que já viram o marido batendo nela e perseguindo ela com um machado várias vezes. Ela nunca prestou queixa”, afirmou o oficial da polícia. Ela foi presa e deve responder por assassinato, podendo passar até 15 anos presa.

Fonte

IG

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Paciente em MG não se enquadra na definição de caso suspeito de coronavírus, diz...
Paciente em MG não se enquadra na definição de caso suspeito de coronavírus, diz ministério
VISUALIZAR
Saúde
Estados Unidos confirmam caso de coronavírus que causa um tipo de pneumonia que é...
Estados Unidos confirmam caso de coronavírus que causa um tipo de pneumonia que é transmitida de pessoa a pessoa
VISUALIZAR
Saúde
Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil;Há a possibilidade de que o...
Minas Gerais tem primeiro caso suspeito de coronavírus no Brasil;Há a possibilidade de que o vírus cause uma pandemia
VISUALIZAR
Economia
Wish testa logística para acelerar entregas no Brasil
Wish testa logística para acelerar entregas no Brasil
VISUALIZAR
Economia
Começou a promoção de verão da Móveis Soares com ofertas imperdíveis
Começou a promoção de verão da Móveis Soares com ofertas imperdíveis
VISUALIZAR
Saúde
Venenos de vespa e escorpião podem auxiliar tratamento de tuberculose
Venenos de vespa e escorpião podem auxiliar tratamento de tuberculose
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )