Futucando Notícias

Morre grávida de trigêmeos que a Prefeitura de Eunápolis mandou de ônibus para Salvador; A gravidez era de alto risco

A mulher passou mal na rodoviária ao tentar retornar e trigêmeos não resistiram
Morre grávida de trigêmeos que a Prefeitura de Eunápolis mandou de ônibus para Salvador; A gravidez era de alto risco
acervo familia
6647

Morre grávida de trigêmeos que a Prefeitura de Eunápolis mandou de ônibus para Salvador; A gravidez era de alto...

Jean Ramalho MTB 6086/BA

O que se discute agora é mais uma dor, uma tragédia, a falta de cuidados especiais com 4 vidas que se foram, mais um caso triste envolvendo o nome de Eunápolis, cidade nacionalmente conhecida como um dos berços da Operação Fraternos, cujo prefeito Robério Oliveira é acusado de chefiar uma organização criminosa que, segundo informaram os Delegados da Polícia Federal, pode ter desviado, juntamente com a esposa Claudia Oliveira, prefeita de Porto Seguro e o cunhado Agnelo Santos, prefeito de Cabrália , mais de R$ 200 milhões de recursos públicos.

Relembre e veja o que disseram os delegados:

 

Relembre a repercussão nacional:

 

Porque uma gestante de alto risco foi mandada pela saúde de Eunápolis para uma viagem de ônibus a Salvador, com duração de 12 horas, sentada em uma poltrona apertada com uma barriga abrigando 3 vidas inocentes, passando por dificuldades para usar banheiros e não teve condições nenhuma de conforto? Independente da resposta, e se tudo isso não teria contribuído para o agravamento da situação, a tragédia aconteceu. Que dor está passando o pai, os familiares, só Deus pra ter misericórdia.

Eunápolis tem sido manchada de sangue com as denúncias de que faltam medicamentos no único Hospital público, o "Regional", relatos de dor e sofrimento que não melhoram com a troca de diretores e nem tampouco com quebra quebra de recepção e tinta na parede.

Neste dia 17 de novembro, segundo informações da Jornalista Alinne Werneck, morreu na capital Baiana, Dilma Santos, a 4ª vítima que saiu de Eunápolis, em uma viagem cansativa, uma grávida que precisava de uma UTI Neonatal para ter seu parto amparado e seus filhos bem cuidados. Foi buscar socorro longe e não mais retornou (clique aqui e reveja a história)

O que tem a ver a Operação Fraternos com este caso e muitos outros? 

Se a justiça confirmar a apuração das investigações e punir os culpados, o desvio destes recursos seriam então uma das causas principais de tantas tragédias, pois com o rombo nos cofres públicos, faltou dinheiro para a instalação da UTI Neonatal, que poderia ter salvado muitas vidas, faltou dinheiro para abastecer o estoque de remédios, comprar novos materiais hospitalares e remunerar da melhor forma os profissionais de saúde, faltou dinheiro para construir e reformar novas escolas, dar uma infraestrutura melhor para as cidades envolvidas neste escandalo.

Os delegados afirmaram com certeza que as fraudes aconteceram. Com a palavra a justiça.

É triste demais, ver o povo sofrendo , sem nenhum protesto da sociedade civil organizada, onde vereadores em sua grande maioria, não ligam para a agonia da saúde, da educação sucateada, das borras de asfalto aplicadas em ruas pela metade, sem esgotamento sanitário. Os que deveriam ser "fiscais do povo", salvas raríssimas excessões, não sentem vergonha de ter o rabo preso e se fartarem do erário público, barganhando vendas nos olhos em troca de cargos que agregam principalmente seus familiares com polpudos salários e gratificações.

OUVIR NOTÍCIA

O que se discute agora é mais uma dor, uma tragédia, a falta de cuidados especiais com 4 vidas que se foram, mais um caso triste envolvendo o nome de Eunápolis, cidade nacionalmente conhecida como um dos berços da Operação Fraternos, cujo prefeito Robério Oliveira é acusado de chefiar uma organização criminosa que, segundo informaram os Delegados da Polícia Federal, pode ter desviado, juntamente com a esposa Claudia Oliveira, prefeita de Porto Seguro e o cunhado Agnelo Santos, prefeito de Cabrália , mais de R$ 200 milhões de recursos públicos.

Relembre e veja o que disseram os delegados:

 

Relembre a repercussão nacional:

 

Porque uma gestante de alto risco foi mandada pela saúde de Eunápolis para uma viagem de ônibus a Salvador, com duração de 12 horas, sentada em uma poltrona apertada com uma barriga abrigando 3 vidas inocentes, passando por dificuldades para usar banheiros e não teve condições nenhuma de conforto? Independente da resposta, e se tudo isso não teria contribuído para o agravamento da situação, a tragédia aconteceu. Que dor está passando o pai, os familiares, só Deus pra ter misericórdia.

Eunápolis tem sido manchada de sangue com as denúncias de que faltam medicamentos no único Hospital público, o "Regional", relatos de dor e sofrimento que não melhoram com a troca de diretores e nem tampouco com quebra quebra de recepção e tinta na parede.

Neste dia 17 de novembro, segundo informações da Jornalista Alinne Werneck, morreu na capital Baiana, Dilma Santos, a 4ª vítima que saiu de Eunápolis, em uma viagem cansativa, uma grávida que precisava de uma UTI Neonatal para ter seu parto amparado e seus filhos bem cuidados. Foi buscar socorro longe e não mais retornou (clique aqui e reveja a história)

O que tem a ver a Operação Fraternos com este caso e muitos outros? 

Se a justiça confirmar a apuração das investigações e punir os culpados, o desvio destes recursos seriam então uma das causas principais de tantas tragédias, pois com o rombo nos cofres públicos, faltou dinheiro para a instalação da UTI Neonatal, que poderia ter salvado muitas vidas, faltou dinheiro para abastecer o estoque de remédios, comprar novos materiais hospitalares e remunerar da melhor forma os profissionais de saúde, faltou dinheiro para construir e reformar novas escolas, dar uma infraestrutura melhor para as cidades envolvidas neste escandalo.

Os delegados afirmaram com certeza que as fraudes aconteceram. Com a palavra a justiça.

É triste demais, ver o povo sofrendo , sem nenhum protesto da sociedade civil organizada, onde vereadores em sua grande maioria, não ligam para a agonia da saúde, da educação sucateada, das borras de asfalto aplicadas em ruas pela metade, sem esgotamento sanitário. Os que deveriam ser "fiscais do povo", salvas raríssimas excessões, não sentem vergonha de ter o rabo preso e se fartarem do erário público, barganhando vendas nos olhos em troca de cargos que agregam principalmente seus familiares com polpudos salários e gratificações.

Fonte

Jean Ramalho MTB 6086/BA

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Após briga, desafeto atropela e mata em Itapebi
Após briga, desafeto atropela e mata em Itapebi
VISUALIZAR
Economia
O melhor natal com ofertas imperdíveis está na Móveis Soares de Eunápolis
O melhor natal com ofertas imperdíveis está na Móveis Soares de Eunápolis
VISUALIZAR
Política
Cordélia Torres busca conhecimentos em gestões que melhoram a qualidade dos serviços...
Cordélia Torres busca conhecimentos em gestões que melhoram a qualidade dos serviços públicos
VISUALIZAR
Economia
AL-BA aprova ampliação de contrato Reda no estado para até seis anos
AL-BA aprova ampliação de contrato Reda no estado para até seis anos
VISUALIZAR
Justiça
Presa na Faroeste, ex-presidente do TJ-BA contrata advogado especializado em delação
Presa na Faroeste, ex-presidente do TJ-BA contrata advogado especializado em delação
VISUALIZAR
Saúde
Mascar chiclete pode ser mais perigoso do que você imagina…
Mascar chiclete pode ser mais perigoso do que você imagina…
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )