Futucando Notícias

MEC disponibiliza aplicativo para emitir a carteirinha de estudante digital

O programa digital irá garantir uma economia superior a R$ 1 bilhão
MEC disponibiliza aplicativo para emitir a carteirinha de estudante digital
Ilustrativa
98

MEC disponibiliza aplicativo para emitir a carteirinha de estudante digital

G1

O Ministério da Educação (MEC) anunciou na segunda-feira, 25, o lançamento do aplicativo virtual para emissão da carteirinha estudantil digital. O ID Estudantil é gratuito e garante ao aluno o direito ao benefício de meia entrada em shows, teatro e outros eventos culturais.

Durante o lançamento, o ministro da Educação destacou que o programa digital irá garantir uma economia superior a R$ 1 bilhão. “Dependendo, o valor pode chegar a 2 bilhões. Com isso, a gente espera gerar um ganho maior para a comunidade”, afirmou Abraham Weintraub.

Esse serviço é uma das principais fontes de recursos das entidades e já foi criticado pelo ministro da Educação. No atual sistema, a UNE fica com 20% do valor (R$ 7), e a Ubes, com 25% (R$ 10,50).

Os alunos que quiserem manter a carteirinha tradicional poderão solicitá-las junto às instituições e pagar o valor pedido.

Para abastecer o sistema com dados dos alunos, as instituições de ensino deverão enviar o número do Cadastro da Pessoa Física (CPF) dos estudantes.

Para garantir o acesso à ID Estudantil, um representante de cada instituição de ensino, pública ou particular deve enviar as informações dos alunos para o Inep, que irá alimentar o SEB.

OUVIR NOTÍCIA

O Ministério da Educação (MEC) anunciou na segunda-feira, 25, o lançamento do aplicativo virtual para emissão da carteirinha estudantil digital. O ID Estudantil é gratuito e garante ao aluno o direito ao benefício de meia entrada em shows, teatro e outros eventos culturais.

Durante o lançamento, o ministro da Educação destacou que o programa digital irá garantir uma economia superior a R$ 1 bilhão. “Dependendo, o valor pode chegar a 2 bilhões. Com isso, a gente espera gerar um ganho maior para a comunidade”, afirmou Abraham Weintraub.

Esse serviço é uma das principais fontes de recursos das entidades e já foi criticado pelo ministro da Educação. No atual sistema, a UNE fica com 20% do valor (R$ 7), e a Ubes, com 25% (R$ 10,50).

Os alunos que quiserem manter a carteirinha tradicional poderão solicitá-las junto às instituições e pagar o valor pedido.

Para abastecer o sistema com dados dos alunos, as instituições de ensino deverão enviar o número do Cadastro da Pessoa Física (CPF) dos estudantes.

Para garantir o acesso à ID Estudantil, um representante de cada instituição de ensino, pública ou particular deve enviar as informações dos alunos para o Inep, que irá alimentar o SEB.

Fonte

G1

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Saúde
Ministro da Saúde diz que canabidiol pode ser incluído no SUS
Ministro da Saúde diz que canabidiol pode ser incluído no SUS
VISUALIZAR
Acidente
Nova Viçosa: Incêndio atinge agência bancária de distrito
Nova Viçosa: Incêndio atinge agência bancária de distrito
VISUALIZAR
Curiosidades
Jovem tem alergia a água e não pode tomar banho, chorar ou suar
Jovem tem alergia a água e não pode tomar banho, chorar ou suar
VISUALIZAR
Política
Evangélicos podem dar 15 milhões de filiados ao Aliança por participação no governo
Evangélicos podem dar 15 milhões de filiados ao Aliança por participação no governo
VISUALIZAR
Política
Eunápolis: Agentes de saúde fizeram protestos contra atrasos de salários; Mobilização...
Eunápolis: Agentes de saúde fizeram protestos contra atrasos de salários; Mobilização aconteceu no Gabinete do prefeito
VISUALIZAR
Economia
Dezembro de ofertas incríveis toda semana é na Móveis Soares, venha pra cá, veja que aqui...
Dezembro de ofertas incríveis toda semana é na Móveis Soares, venha pra cá, veja que aqui tem preços baixos
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )