Futucando Notícias

MENU
Logo
Domingo, 12 de julho de 2020
Publicidade
Publicidade

Covid-19

Eunápolis: Se o comércio reabrir, a saúde terá condições de atender os casos positivos que continuam disparando?

Comércio segue fechado e reunião para discutir reabertura foi adiada para terça (16)

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com o comércio ainda fechado em Eunápolis, os casos positivos de COVID-19 continuam aumentando e os registros totais já chegaram a 422 casos e 10 óbitos, porém com a crise econômica castigando sem dó e nem piedade os logistas e os trabalhadores formais, o assunto em pauta é a reabertura ou prorrogação do fechamento das lojas não essenciais que seria discutido hoje e foi adiado para terça-feira (16), quando os representantes do CDL, Sindicomércio e governo municipal discutirão a elaboração de novo Decreto para o funcionamento e atendimento à população.

Com a prorrogação do Decreto Nº 9.075 até esta terça-feira (16), continuam suspensas as atividades comerciais não essenciais no município e além das restrições do comércio, estão mantidas também a proibição de circulação de pessoas e veículos não autorizados, das 18:00 às 05:00, salvo deslocamento a hospitais, farmácias e comparecimento ao trabalho. Aos serviços de delivery de alimentos (entrega da mercadoria no endereço da pessoa), fica permitida a circulação até as 23 horas.

Eunápolis vive um momento muito delicado com o aumento de casos positivos do Coronavírus, Dengue, Zika e Chikungunya e nas redes sociais circulam denúncias de faltas de equipamentos de proteção (EPI) e revoltas de vários profissionais da saúde que são linha de frente no Hospital Regional e estão adoecendo, segundo eles, pela falta de investimentos necessários para a segurança dos atendimentos.

Um médico do Hospital Regional gravou vídeos com graves acusações contra a gestão municipal de Eunápolis, foi demitido e disparou em sua justificativa: "eu fiz o vídeo porque vocês estão errados, vocês são assassinos, eu fiz o vídeo pra denunciar vocês que estão acabando com a saúde do povo de Eunápolis e estão matando o povo de Eunápolis mais que a COVID-19"- Finalizou.

A população aguarda uma investigação séria para que se apure a veracidade das acusações do médico e de enfermeiros neste momento difícil marcado principalmente pelo aumento dos riscos por ser justamente nos meses de junho e julho, que historicamente há altos registros de internações por doenças respiratórias por causa da chegada do inverno.

O Comércio precisa funcionar, o povo precisa trabalhar, mas a pergunta tem que ser feita e respondida sem tristeza e lamentação: com a abertura do comércio, pessoas circulando e se aglomerando ainda mais, Eunápolis terá condições de oferecer atendimentos imediatos se os casos de Coronavírus dispararem? 

A escassez de testes para toda a população é bastante preocupante e a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), braço da Organização Mundial da Saúde (OMS), alertou nesta semana que o Brasil está em situação "delicada" e pediu que os países "pensem duas vezes" antes de relaxar as medidas de distanciamento social.

 

Fonte/Créditos: Jean Ramalho MTB 6086/BA e DRT 8296/BA (Jornalista e radialista)

Créditos (Imagem de capa): Comércio de Eunápolis

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )