Futucando Notícias

MENU
Logo
Quarta, 05 de agosto de 2020
Publicidade
Publicidade

Saúde

Eunápolis: Grávida perde trigêmeos após viajar para Salvador por falta de UTI Neonatal;

O pesadelo continua com a jovem gestante internada em estado grave

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando
Mais uma notícia triste recai sobre a cidade de Eunápolis envolvendo a falta de serviço essencial para salvar vidas de crinças no Hospital Regional. Desta vez, a vítima foi a jovem Dilma Santos que aguardava ansiosamente pela chegada dos seus trigêmeos e teve o sonho bruscamente interrompido. 
 
Moradora de Eunápolis, Dilma passou por várias complicações em sua gestação de trigêmeos, onde foi atestado em seu acompanhamento pré-natal que ela necessitaria de UTI NEONATAL para realizar o parto seguro das crianças, que possivelmente nasceriam prematuras, serviço extremamente necessário em um Hospital que atende a toda região. A UTI neonatal é um local preparado preparado para receber recém-nascidos que nasceram prematuros, antes das 37 semanas, com baixo peso ou com problemas respiratórios, hepáticos ou cardíacos, por exemplo.
 
Durante os sete meses que em esteve gestante, Dilma necessitou realizar um acompanhamento mais detalhado em Salvador, Capital Baiana, pois, o Hospital Regional de Eunápolis não possui o recurso de UTI NEONATAL, e a mais próxima está situada em Porto Seguro, porém, com todos os leitos ocupados, o que tornou inviável aventurar uma espera já que a situação da gestante a cada dia se agravava em função da gravidez de trigêmeos. 
 
 
 Na última segunda-feira, a paciente recebeu apoio (via TFD-Tratamento Fora Domicílio), recebendo as passagens de ônibus para sí e para o seu esposo que fazia questão de acompanhar a mulher em seu pré-natal. Contudo após a revisão e demais exames realizados na paciente, o profissional médico responsável achou pertinente agendar a data do parto para as próximas semanas. 
 
Na terça-feira, após a consulta, Dilma e seu esposo Edilson Alves estavam aguardando o ônibus que os trariam de volta para a cidade de Eunápolis, no entanto, a gestante começou a sentir-se mal, e pediu para tomar um banho, ali mesmo na rodoviária. O pânico começou quando funcionários da Rodoviária começaram a gritar por ajuda, pois uma gestante estava passando mal dentro do banheiro. Prontamente, Edilson embarcou a esposa em um taxi e buscaram atendimento médico no Hospital Roberto Santos. 
 
Infelizmente em poucos instantes, o pai das crianças recebeu a fatídica notícia de que os bebês haviam falecido e que Dilma estava com um coágulo no cérebro, sendo o seu estado considerado crítico. 
 
APÊLO DOS FAMILIARES
 
Os familiares do casal estão desesperados, pois, além da morte dos bebês, o pai da criança não possui condições financeiras para realizar o translado das urnas fúnebres, Edilson não possui condições financeiras nem mesmo para manter-se em Salvador, haja vista que os planos iniciais eram apenas de acompanhar a esposa em uma revisão e retornar para casa no dia seguinte.
 
DILEMA DO ESPOSO
 
Vale ressaltar que Dilma ainda encontra-se na UTI em Salvador, e seu estado de saúde é gravíssimo, contudo o corpo das crianças ainda não foram liberados para o enterro em Eunápolis, por estar sozinho, a situação de Edilson se complica ainda mais. 
Infelizmente mais um sonho é interrompido e crianças pagam com a vida pela ausência de UTI NEONATAL EM EUNÁPOLIS.

Fonte/Créditos: por: Alinne Werneck

Créditos (Imagem de capa): Acervo da família

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )