Futucando Notícias

MENU
Logo
Quinta, 16 de julho de 2020
Publicidade
Publicidade

Economia

Desconto médio na Black Friday deve ser de 24%, menor que 2018, diz pesquisa

Para 54% dos empresários, a Black Friday não prejudica o Natal

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostra que o percentual médio de desconto na Black Friday 2019 deve girar em torno de 24%, menor do que os 29% da pesquisa de 2018.

A pesquisa, que ouviu 1.177 empresários de todos os portes que atuam no comércio e no setor de serviços nas cinco regiões do país, mostra ainda que 21% dos entrevistados devem aderir ao dia de promoções, que neste ano será em 29 de novembro. Se as estimativas se confirmarem, haverá um crescimento de adesões, uma vez que em 2018, 16% dos empresários participaram dos eventos.

Para 54% dos empresários, a Black Friday não prejudica o Natal, que é a data mais lucrativa do varejo no ano. Para 33%, o evento até mesmo contribui para o Natal vender mais. Outros 8% falam em prejuízo no Natal por conta das vendas antecipadas na Black Friday.

Para o presidente do SPC Brasil, Roque Pellizzaro Junior, um indicativo de que as vendas da Black Friday não se sobrepõem às do Natal são as diferentes características de compras em cada uma das datas. 

Considerando os empresários que vão participar da Black Friday deste ano, seis em cada dez (57%) acreditam que a data representa uma oportunidade para divulgar a loja e prospectar novos clientes e 43% veem a chance de aumentar as vendas. Há ainda um quarto (25%) de empresários que querem desovar estoques parados.

Fonte/Créditos: G1

Créditos (Imagem de capa): G1

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )