Futucando Notícias

MENU
Logo
Quarta, 05 de agosto de 2020
Publicidade
Publicidade

Justiça

Delação de desembargadora do TJ-BA atinge governo estadual, diz site

Segundo a publicação, as acusações teriam atingido agentes do governo do Estado, “o que daria uma idéia da dimensão que o esquema alcançou"

Publicidade
Publicidade
Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A delação que a desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), Sandra Inês, e seu filho, Vasco Rusciollelli, teriam negociado no âmbito da Operação Faroeste atingiram além do judiciário baiano, de acordo com informações do site Política Livre.

Segundo a publicação, as acusações feitas pelos dois teriam atingido agentes do governo do Estado, “o que daria uma idéia da dimensão que o esquema alcançou”.

O governo do estado ainda não se pronunciou sobre a divulgação contida na matéria e nem foram dadas mais informações a respeito da delação.

A desembargadora Sandra Inês foi presa em março deste ano, por ordem do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A Corte determinou a prisão temporária da magistrada e de dois advogados, sendo um deles, o filho dela, Vasco Rusciollelli.

A operação na 5ª fase da Faroeste aconteceu nas cidades de Salvador, em Praia do Forte, além de Rondonópolis, no Mato Grosso. O objetivo da Faroeste é desarticular um esquema criminoso de venda de sentenças na Bahia, envolvendo nomes do judiciário baiano.

 

Fonte/Créditos: politicaaovivo.com

Créditos (Imagem de capa): Reprodução

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )