Futucando Notícias

Cabrália: Vereador diz que Prefeito Agnelo é perseguidor e ingressa com mandado de segurança contra ele

Humbertinho diz estar sendo coagido e perseguido em cargo concursado na prefeitura por não atender a interesses do prefeito
Cabrália: Vereador diz que Prefeito Agnelo é perseguidor e ingressa com mandado de segurança contra ele
divulgação

Cabrália: Vereador diz que Prefeito Agnelo é perseguidor e ingressa com mandado de segurança contra ele

cabraliaagora.com.br

O vereador de Santa Cruz Cabrália, Humberto Cachoeira filho ( Humbertinho) acusa o Prefeito Agnelo Santos, investigado na operação fraternos por desvio de milhões de reais, de ser perseguidor e fazer manobras para prejudicá-lo. Segundo Humbertinho, em matéria postada no site Cabrália Agora, ele  é servidor público concursado desde o ano de 2008 como Oficial Administrativo, cumpre a sua jornada de trabalho na sede, e por ser um vereador crítico as posturas da gestão de Agnelo júnior, está sofrendo perseguição e manobras na sua função dentro da prefeitura.

A prática do prefeito Agnelo, segundo o site, não é apenas contra o vereador, mas a todos os servidores que não seguem a cartilha, as constantes trocas de secretários e cargos estratégicos, revelariam a sua má condução da máquina pública.

O Vereador Humbertinho disse que ele negou o voto ao projeto de Lei que buscava empréstimo requerido por Agnelo Júnior junto a Caixa Econômica Federal no valor de 15.000.000,00 (quinze milhões). Desde então estranhamente a prefeitura começou a remaneja-lo para outros setores , sendo que nas últimas semanas, ele foi levado para o setor de arquivos, localizado na cidade História, numa clara tentativa de ser coagido .

Mandado de Segurança

O vereador Humbertinho entrou com pedido de mandado de segurança contra as manobras do prefeito Agnelo Júnior, sendo então atendido, de acordo com a publicação no último dia 2 de setembro, no Diário de Justiça do Estado da Bahia.

A publicação oficial do mandado de segurança obriga  o prefeito Agnelo Júnior a reconduzir o servidor Humberto Cachoeira filho para seu setor de origem, e em caso de descumprimento da ordem judicial, o prefeito poderá ser multado, além de responder por crime de desobediência.

Humbertinho irá continuar com seu posicionamento firme, fazendo uso da palavra na Câmara de vereadores e diz que não irá ceder às investidas do gestor, garantindo seu compromisso com o povo de Cabrália.

OUVIR NOTÍCIA

O vereador de Santa Cruz Cabrália, Humberto Cachoeira filho ( Humbertinho) acusa o Prefeito Agnelo Santos, investigado na operação fraternos por desvio de milhões de reais, de ser perseguidor e fazer manobras para prejudicá-lo. Segundo Humbertinho, em matéria postada no site Cabrália Agora, ele  é servidor público concursado desde o ano de 2008 como Oficial Administrativo, cumpre a sua jornada de trabalho na sede, e por ser um vereador crítico as posturas da gestão de Agnelo júnior, está sofrendo perseguição e manobras na sua função dentro da prefeitura.

A prática do prefeito Agnelo, segundo o site, não é apenas contra o vereador, mas a todos os servidores que não seguem a cartilha, as constantes trocas de secretários e cargos estratégicos, revelariam a sua má condução da máquina pública.

O Vereador Humbertinho disse que ele negou o voto ao projeto de Lei que buscava empréstimo requerido por Agnelo Júnior junto a Caixa Econômica Federal no valor de 15.000.000,00 (quinze milhões). Desde então estranhamente a prefeitura começou a remaneja-lo para outros setores , sendo que nas últimas semanas, ele foi levado para o setor de arquivos, localizado na cidade História, numa clara tentativa de ser coagido .

Mandado de Segurança

O vereador Humbertinho entrou com pedido de mandado de segurança contra as manobras do prefeito Agnelo Júnior, sendo então atendido, de acordo com a publicação no último dia 2 de setembro, no Diário de Justiça do Estado da Bahia.

A publicação oficial do mandado de segurança obriga  o prefeito Agnelo Júnior a reconduzir o servidor Humberto Cachoeira filho para seu setor de origem, e em caso de descumprimento da ordem judicial, o prefeito poderá ser multado, além de responder por crime de desobediência.

Humbertinho irá continuar com seu posicionamento firme, fazendo uso da palavra na Câmara de vereadores e diz que não irá ceder às investidas do gestor, garantindo seu compromisso com o povo de Cabrália.

Fonte

cabraliaagora.com.br

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Policial
Operação encontra postos de combustíveis enganando consumidores em Ilhéus e região
Operação encontra postos de combustíveis enganando consumidores em Ilhéus e região
VISUALIZAR
Justiça
CCJ da Câmara aprova PEC que assegura o direito à legítima defesa
CCJ da Câmara aprova PEC que assegura o direito à legítima defesa
VISUALIZAR
Policial
Semana Nacional de Trânsito de 2019 se inicia com o tema “No Trânsito, o Sentido é a...
Semana Nacional de Trânsito de 2019 se inicia com o tema “No Trânsito, o Sentido é a Vida”
VISUALIZAR
Saúde
Grávida passa mal na porta da igreja e morre minutos antes do casamento
Grávida passa mal na porta da igreja e morre minutos antes do casamento
VISUALIZAR
Policial
Suspeito de estuprar mulher e furar a orelha dela com chave de fenda após carona é preso -...
Suspeito de estuprar mulher e furar a orelha dela com chave de fenda após carona é preso - Varela Notícias - Conectado
VISUALIZAR
Justiça
Bolsonaro sanciona lei que obriga autor de violência doméstica a ressarcir governo
Bolsonaro sanciona lei que obriga autor de violência doméstica a ressarcir governo
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )