Futucando Notícias

Bolsonaro desafia e Gasolina pode ficar 44% mais barata nas bombas se zerar ICMS e impostos federais

Estados não querem perder arrecadação
Bolsonaro desafia e Gasolina pode ficar 44% mais barata nas bombas se zerar ICMS e impostos federais
internet

Bolsonaro desafia e Gasolina pode ficar 44% mais barata nas bombas se zerar ICMS e impostos federais

Jean Ramalho MTB 6086/BA

Se o desafio do Presidente Jair Bolsonaro de zerar os impostos dos combustíveis na bomba for aceito pelos governadores dos estados brasileiros, o consumidor terá muito para comemorar, pois os altos preços dos comustíveis puxam pra cima os  valores de milhares de produtos que poderiam também sofrer importantes reduções e gerar economia para os bolsos dos sacrificados trabalhadores do Brasil em todos os setores.

Zerando os impostos , a gasolina teria redução de 44% e o diesel cairia 24% segundo opiniões de especialistas, o que no entanto, pode não ocorrer devido à resistência dos governadores que dizem que os estados sofreriam perdas grandiosas na arrecadação, pois em média 29% do valor do litro da gasolina corrsponde ao ICMS retido nos estados e outros 15% são repassados ao Governo Federal e no diesel 15% do valor fica com os estados e 9% com o Governo Federal.

Caso Bolsonaro queira, pode por decreto zerar as cobranças na bomba sem o aval do Congresso Nacional, segundo informações da Receita Federal, porém setores da economia dentro do Governo avaliam que não é um bom momento para perder arrecadação.

OUVIR NOTÍCIA

Se o desafio do Presidente Jair Bolsonaro de zerar os impostos dos combustíveis na bomba for aceito pelos governadores dos estados brasileiros, o consumidor terá muito para comemorar, pois os altos preços dos comustíveis puxam pra cima os  valores de milhares de produtos que poderiam também sofrer importantes reduções e gerar economia para os bolsos dos sacrificados trabalhadores do Brasil em todos os setores.

Zerando os impostos , a gasolina teria redução de 44% e o diesel cairia 24% segundo opiniões de especialistas, o que no entanto, pode não ocorrer devido à resistência dos governadores que dizem que os estados sofreriam perdas grandiosas na arrecadação, pois em média 29% do valor do litro da gasolina corrsponde ao ICMS retido nos estados e outros 15% são repassados ao Governo Federal e no diesel 15% do valor fica com os estados e 9% com o Governo Federal.

Caso Bolsonaro queira, pode por decreto zerar as cobranças na bomba sem o aval do Congresso Nacional, segundo informações da Receita Federal, porém setores da economia dentro do Governo avaliam que não é um bom momento para perder arrecadação.

Fonte

Jean Ramalho MTB 6086/BA

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Entretenimento
Cabrália: Prefeitura não cumpre acordo no carnaval, ambulantes contabilizam os prejuízos
Cabrália: Prefeitura não cumpre acordo no carnaval, ambulantes contabilizam os prejuízos
VISUALIZAR
Policial
Adolescente embarca em para-choque traseiro de caminhão, percorre cerca de 50 quilômetros e...
Adolescente embarca em para-choque traseiro de caminhão, percorre cerca de 50 quilômetros e PRF evita final trágico
VISUALIZAR
Policial
Policiais Rodoviários Federais socorrem bebê com sintomas de engasgamento na BR 367 em Porto...
Policiais Rodoviários Federais socorrem bebê com sintomas de engasgamento na BR 367 em Porto Seguro
VISUALIZAR
Saúde
São Paulo: Ministério da Saúde manda para contraprova possível caso positivo de...
São Paulo: Ministério da Saúde manda para contraprova possível caso positivo de coronavírus
VISUALIZAR
Saúde
Itabuna: Santa Casa confirma caso suspeito de Coronavírus
Itabuna: Santa Casa confirma caso suspeito de Coronavírus
VISUALIZAR
Policial
Eunápolis: Ex-presidiário é assassinado a tiros no bairro Santa Lúcia
Eunápolis: Ex-presidiário é assassinado a tiros no bairro Santa Lúcia
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )