DestaquePolícia

Mulher morre após ser ferida quando buscava marido na casa da amante

A marisqueira Rita de Cássia Amorim de Menezes, 50 anos, morreu na tarde deste sábado (26) após ser ferida por um objeto cortante na casa da amante do marido na sexta-feira (25)

A marisqueira Rita de Cássia Amorim de Menezes, 50 anos, morreu na tarde de sábado (26) após ser ferida por um objeto cortante na casa da amante do marido na sexta-feira (25), no bairro de São João do Cabrito, Subúrbio Ferroviário de Salvador.

A vítima era casada com o pescador Ronaldo da Cruz Santos, 48, há 34 anos. De acordo com o Correio, Rita de Cássia sabia da relação extraconjugal do esposo há pelo menos cinco meses e decidiu ir à casa da suposta amante, identificada como Carine da Cruz, tirar satisfação.

De acordo com informações apuradas pelo veículo, uma das filhas do casal, a confeiteira Adriana Menezes Santos, 28 anos, disse que Ronaldo se recusou a prestar socorro a Rita de Cássia.  Familiares não sabem dizer qual foi a arma utilizada para matar a marisqueira ,se uma faca ou outro objeto perfuro-cortante. Rita chegou a receber socorro de moradores da localidade, mas não resistiu.

Fonte: BN
Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.