DestaqueNotíciasPolítica

Flávio Bolsonaro diz que mãe de procurado foi contratada por Queiroz

em nota, atribuiu a Fabrício Queiroz a contratação

O senador eleito Flávio Bolsonaro, em nota, atribuiu a Fabrício Queiroz a contratação da mãe de um dos presos na operação contra milicianos deflagrada pela polícia e pelo Ministério Público.

Raimunda Veras Magalhães, mãe do ex-capitão Adriano Magalhães da Nóbrega, aparece em relatório do Coaf como uma das remetentes de depósitos para Fabrício Queiroz, ex-motorista de Flávio.

Segundo o relatório do Coaf, ela depositou R$ 4,6 mil na conta de Fabrício Queiroz. Raimunda aparece na folha da Alerj com salário líquido de R$ 5.124,62.

“Continuo a ser vítima de uma campanha difamatória com objetivo de atingir o governo de Jair Bolsonaro”, diz um trecho.

Sobre as homenagens prestadas a militares, sempre atuei na defesa de agentes de segurança pública e já concedi centenas de outras homenagens.

Fonte: BN
Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.