DestaqueEsportesFutebol

Felipão diz que impôs ordem ao Palmeiras e torce para Bolsonaro fazer o mesmo no país

Logo após a conquista do título em São Januário, o técnico Luiz Felipe Scolari atribuiu o sucesso do seu trabalho no Palmeiras à disciplina imposta aos jogadores. Ele ainda completou a declaração desejando que “o nosso Brasil agora também cumpra a ordem sob a nova presidência”, de Jair Bolsonaro (PSL).

Contratado no final do primeiro turno do Campeonato Brasileiro, ele disse que sua contribuição ao título foi “uma palavra um pouco mais forte no vestiário”.

“Dei também uma cobrança um pouco mais incisiva em alguns detalhes. Fui alguém que esse grupo soubesse que estava ali para ser campeão junto com eles. Não precisava de nada de mais e nada de menos. Precisa da vontade deles e da determinação de cumprir ordens”, disse Felipão.

“Acho que ao cumprir ordens trilhamos caminhos muito bons e espero que o nosso Brasil agora também cumpra a ordem sob a nova presidência” , acrescentou o treinador, ao encerrar a coletiva.

Por uma rede social, Bolsonaro, que é palmeirense, parabenizou a equipe pela conquista. “Parabéns, Sociedade Esportiva Palmeiras pelo título do Campeonato Brasileiro 2018! Mais que merecido!”, escreveu.

A entrevista do treinador foi interrompida no meio pelos jogadores que deram um banho de gelo no técnico. Antes, ele respondeu aos seus críticos e disse que não se considera “ultrapassado”. Felipão ainda contou que vai exigir mais dos jogadores na próxima temporada.

“Não sou ultrapassado, não sou o melhor [treinador] e não sou o pior. Sou um bom técnico e tenho métodos iguais aos outros”, disse Felipão, que foi questionado se a conquista do título do Campeonato Brasileiro seria uma resposta ao vexame protagonizado pela seleção na Copa de 2014.

“As pessoas pensam que aquilo vai ficar marcado para o resto da minha vida. Não vai ficar. Trabalhei muito tempo no futebol e sei discernir entre um momento bom e um momento ruim. Continuo mantendo contato com a maioria dos jogadores”, acrescentou.

Felipão disse que a conquista do título do Brasileiro é importante para a sua carreira, mas também para a sequência do trabalho planejado pela diretoria do clube. O título da Libertadores será a prioridade para o próximo ano.

“Disse no vestiário para os jogadores se prepararem para maiores cobranças”, afirmou o treinador.

Fonte: folhapress
Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.