DestaqueEsportesGeralNotíciasPolícia

Integrante da Bamor é condenado a 22 anos por assassinar torcedor rival em 2014

foi condenado nesta quinta-feira (13) por homicídio duplamente qualificado.

O integrante da Bamor, Jonas de Souza Santos, acusado pelo assassinato do torcedor da Imbatíveis, Lucas dos Santos Lima, foi condenado nesta quinta-feira (13) por homicídio duplamente qualificado. A pena é de 22 anos de prisão em regime inicialmente fechado. O assassinato ocorreu em 2014.

De acordo com o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA), o crime ocorreu devido a uma rixa entre a vítima e o réu por participarem das duas torcidas organizadas rivais de Bahia (Bamor) e Vitória (Imbatíveis).

As investigações apontaram que, no dia 25 de abril de 2014, por volta das 11h, Jonas e outros dois integrantes da Bamor dirigiram-se ao estabelecimento comercial de Lucas, no bairro dos Barris. Ao chegar ao local, o réu atirou no integrante da torcida rival, cometendo o assassinato.

Fonte: BN
Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.