DestaqueEconomia

Paulo Guedes diz que cortará preço do gás pela metade ’em benefícios dos mais pobres’

"A ideia é levar para as famílias brasileiras pela metade do preço. Reindustrializar o País com energia barata é muito atraente para nós", disse Guede ao Estadão.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, pretende que em no máximo 60 dias, providências sejam tomadas para reduzir o preço do gás natural na metade.

Juntamente com o economista Carlos Langoni, após uma reunião sobre o assunto Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (26), Guedes garantiu que vai vencer a resistência da Petrobrás, com o suporte do presidente da estatal, Roberto Castello Branco.

“A ideia é levar para as famílias brasileiras pela metade do preço. Reindustrializar o País com energia barata é muito atraente para nós”, disse Guede ao Estadão.

“São medidas muito simples, de uma simplicidade franciscana”, comentou Langoni, alertando que as medidas envolvem a ANP e o Cade.

Segundo Guedes, já na próxima segunda-feira, 29, terá reunião com o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, para por em ação o projeto.

Fonte: BN
Tags

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.