Vírus da hepatite pode ser transmitido pelo esmalte de unha em salões e compartilhamentos domésticos

2 primeira leitura
0

Algumas pessoas já sabem que o uso de material individual, como espátulas e alicates, no atendimento com manicures em salões de beleza é essencial para a prevenção de doenças como a hepatite. O que muitas não se atentaram é que o vírus também pode estar presente em esmaltes de unha.

O vírus da hepatite pode estar presente em vários objetos, como alicates, lixas, tesouras e inclusive no esmalte de unha, onde pode ficar encubado dentro do frasco por até sete dias. Por isso é importante levar sempre seu material, para evitar a contaminação através de objetos compartilhados. A esterilização desses materiais com álcool, acetona ou estufa de manicure não mata o vírus e nem impede a sua transmissão, pois o álcool pode até destruir outros vírus, mas o da hepatite não, pois este é resistente. O que o destrói o vírus é a autoclave (máquina que esteriliza os equipamentos por meio do vapor) ou a evacuação do vírus após permanência num ambiente por mais de cinco dias.

A única forma de detectar a doença é através do exame de sangue. O teste rápido é oferecido gratuitamente pelo SUS, assim como a aplicação da vacina. Para ter acesso ao serviço, basta procurar a Unidade de Saúde mais próxima a sua residência.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Ozonioterapia é reconhecida como tratamento complementar no SUS

O Conselho Federal de Medicina (CFM) aprovou o uso de ozonioterapia, em caráter experiment…