Vergonha em Eunápolis: UPA 24 Horas do Rosa Neto está abandonada; obra já mudou de nome recebeu recursos mas não sai da promessa

11 primeira leitura
0

Uma importante obra que se funcionasse iria desafogar o atendimento no Hospital Regional de Eunápolis, não sai do estado decadente e das promessas já desacreditadas em diversas ocasiões para o seu funcionamento.

O que já foi chamado de mini-hospital do Rosa Neto e agora chamado de UPA 24 Horas, está em um total estado de abandono, com muito mato e paredes rachadas, equipamentos sendo estragados pelo tempo a exemplo de um gerador de alta potência , móveis e equipamentos estragados, papéis jogados às traças e vários outros objetos demostrando o descaso da prefeitura de Eunápolis  com recursos federais, apodrecendo o prédio, uma estrutura enorme, na rua Osvaldo Bonfim, no Bairro Rosa Neto, em Eunápolis.

A Prefeitura de Eunápolis recebeu, mas cadê o dinheiro que estava aqui?

O mais curioso é que os recursos dessa obra entraram no caixa da Prefeitura de Eunápolis em duas ocasiões. Primeiro em 2005, como sobra de caixa da Câmara de Vereadores e depois por meio de repasse do governo federal, já no segundo mandato do prefeito Robério Oliveira, atualmente investigado na Operação Fraternos, destaque na mídia nacional.

Em 2006 foi quase 1,2 milhão em quatro repasses de R$ 500 mil; R$ 300 mil; R$ 240 mil e R$ 12.384,16 mil reais devolvidos pelo ex-presidente da Câmara de Vereadores de Eunápolis, Claudionor Nunes do Nascimento, para o prefeito Robério Oliveira. A obra nunca foi construída, ficando só no alicerce.

Em janeiro de 2017 o prefeito esteve no local com a secretária de Saúde, prometendo a reabertura da UPA – Foto: Reprodução Oxarope.com

MPF acusou Robério Oliveira por Improbidade administrativa

Por conta disso, o prefeito Robério Oliveira foi acusado pelo Ministério Público Federal de improbidade administrativa. Ele teria superfaturado a obra do alicerce do mini-hospital, única parte feita.http://dedemontalvao.blogspot.com.br/2009/06/prefeito-de-eunapolis-desvia-r-565-mil.html?m=0

A justificativa do prefeito foi que a empresa estava fazendo o concreto da superestrutura fora das especificações que continha o edital. O valor pago à construtora seria correspondente, segundo à prefeitura, a 60% da primeira etapa da obra.

Mais recursos e a obra mudou de nome:

No segundo mandato, o prefeito recebeu repasse do governo federal para construção da UPA do Rosa Neto que, por determinação do gestor, seria erguida no mesmo terreno do antigo mini-hospital, cuja aplicação do recurso jamais foi explicada, apesar de inúmeras denúncias do ex-presidente da Câmara. A estruturada obra foi concluída, mas está abandonada.

ex-presidente da Câmara, Claudionor Nunes, repassou o cheque – Foto: Reprodução Rota 51

Os recursos federais também seriam aplicados na compra de equipamentos. Mas nem uma coisa nem outra. Até hoje os moradores do Rosa Neto, Sapucaieira, Juca Rosa, Alecrim e outros bairros no entorno não receberam o mini-hospital ou a UPA 24H, ou que nome tenha.

NOVA PROMESSA no terceiro mandato de Robério:

Em janeiro de 2017, o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira (PSD), esteve no local acompanhando da então secretária de Saúde do município, Stela Souza, e prometeu honrar o compromisso que já se arrasta por mais de uma década.

Segundo o gestor, aquela promessa seria um compromisso deste seu terceiro mandato.http://www.oxarope.com/noticias/18054/abertura-da-upa-24h-vai-desafogar-urgencia-do-hospital-regional-de-eunapolis-06-01-2017/

“Com a nossa experiência, minha e de Stela, não temos dúvidas da importância da UPA para o melhor funcionamento da saúde pública de Eunápolis. Será mais uma porta de entrada do SUS, intermediária entre as UBS’s e o Regional, que desafogará nosso Hospital e proporcionará maior agilidade ao fluxo de atendimentos da saúde pública de nosso município”, explicou o prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira.

Cópia do chegue – Foto: Reprodução Rota 51

O governo continuou, até 7 de novembro, quando foi afastado em uma Operação da Polícia Federal, no entanto, o equipamento não funciona para atender aos moradores, embora tenha recebido recursos desde 2006.

ENTENDA A ORIGEM DOS RECURSOS:

No dia 13 de março de 2016, no seu primeiro mandato, o prefeito Robério Oliveira e o então presidente da Câmara de Vereadores da cidade, Claudionor Nunes do Nascimento, assinaram a ordem de serviço dando início à construção da obra física da UPA do Rosa Neto, que seria um mini-hospital, mas mudou de nome para facilitar uma nova captação de recursos junto ao governo federal.

Aspecto da área externa

Na ocasião, com 481 metros quadrados de construção, em dois pavilhões, a obra, orçada em R$ 486.336,00, seria construída pela Macro Construtores Ltda com conclusão prevista para 180 dias, ou seja, setembro de 2006.

Os recursos, provenientes de sobra de Caixa de repasses do Executivo para o Legislativo, chamado de duodécimo, foram entregues por Claudionor Nunes do Nascimento ao Chefe do Poder Executivo. O depósito foi realizado em contas específicas tanto no Banco do Brasil quanto no antigo Bancoob (ag.3230 conta/DV 30139)

Aspecto da área interna da UPA24H do Rosa Neto

A obra nunca foi feita, ficando só no alicerce. O mini-hospital nunca aconteceu e a UPA24H, que substituiria o mini-hospital, está se perdendo no meio do mato, com as paredes rachando e totalmente desequipada. Quanto aos moradores, estão passando pelo mesmo sufoco para se deslocar até o Hospital Regional até para realizar pequenos procedimentos médicos.

RESPOSTA DA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

O blog da Rose Marie consultou a Secretaria de Comunicação da Prefeitura de Eunápolis. O secretário Jairo Júnior informou que uma equipe da secretaria de Saúde do Estado está na cidade, com o secretário municipal da Saúde, Rodrigo Kuada, para tratar da abertura da UPA 24 Horas e que no final deste dia terá uma posição oficial sobre o assunto.

Fonte: Blog da Rose Marie

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Eunápolis: Corregedoria de Justiça da Bahia confirma denúncias de unificações irregulares favorecendo a Veracel e abre Sindicância contra Cartório de Registros de Imóveis

O Futucando notícias vem revelando absurdos cometidos pela empresa Veracel que em sua ganâ…