Treinador de futebol suspeito de abuso sexual é preso em Eunápolis

2 primeira leitura
0

O treinador de futebol Gilberto Júnior Rocha da Silva, de 28 anos, conhecido como “Juninho”, foi preso na terça-feira, 22, suspeito de aliciar e abusar sexualmente de seus alunos na cidade de Eunápolis.

Conforme a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os crimes aconteceram numa escola de futebol onde ele trabalhava. Juninho foi detido após policiais da 23ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Corpin) cumprirem mandados de prisão temporária, busca e apreensão.

De acordo com o delegado Moisés Nunes Damasceno, as investigações começaram após denúncia de um adolescente: “No início, para atrair suas vítimas, ele se passava por uma mulher. Após enviar fotos com conteúdo pornográfico, obtidas por ele na internet, ainda fingindo ser menina, Gilberto induzia os garotos a também enviarem fotos”, explicou Damasceno, por meio de nota divulgada pela SSP-BA.

Com as fotos íntimas dos meninos, Juninho se identificava e passava a ameaçá-los, dizendo que divulgaria as imagens para toda a cidade, solicitando mais fotos e vídeos íntimos. “Ele coagia os adolescentes a realizarem cenas eróticas durante chamadas por vídeo ao vivo. Em outros casos, ele chegava a marcar encontros presenciais, mediante ameaça e praticava atos sexuais com as vítimas” detalhou o delegado, em nota.

Durante as buscas na casa de Juninho, foi apreendido material contendo imagens pornográficas de diversos adolescentes. A polícia também investiga a suspeita de outros sete casos. O treinador segue detido e à disposição da Justiça.

Informações: A Tarde

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Veracel é acusada de roubar gado e vender área de preservação ambiental; Produtor rural busca a justiça

Sitiantes e pequenos criadores da região do Embaré, localizada na zona rural de Eunápolis,…