TJ-BA acredita que Bahia pode ter cerca de 5 mil mandados de prisão em aberto

2 primeira leitura
0

O número de 2.188 mandados de prisão em aberto na Bahia, divulgado pelo Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP) nesta sexta-feira (8), ainda deve crescer sensivelmente nos próximos meses. Segundo o supervisor do Grupo de Monitoramento e de Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF) do Tribunal de Justiça (TJ-BA), Antonio Faiçal, cerca de 80% das varas de Justiça ainda não inseriram os dados de mandados na base de dados do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Eu estimo que contabilizaremos de 4 a 5 mil mandados de prisão em aberto no estado quando todas as Varas cadastrarem os seus processos no banco de dados”, estimou Faiçal. A defasagem no número divulgado se explica, de acordo com o supervisor, pelo plano de metas estipulado pelo CNJ, que até o dia 15 de maio pediu o cadastro prioritário de 100% da população que está, efetivamente, dentro do sistema prisional. “Como a meta primária era a população carcerária, não focamos com muito vigor nas pessoas procuradas [com mandado em aberto]. O cadastro de procurados é um trabalho lento e mais difícil de fazer”, comentou Faiçal, que estima que o trabalho será concluído até o final de julho. Segundo o CNJ, a Bahia tinha cerca de 13 mil presos que precisavam ser cadastrados no sistema. Até o dia 11 do último mês, o BNMP cumpriu a meta e cadastrou cerca de 15 mil detentos baianos na ferramenta para consulta online. “Cumprimos nosso papel com o CNJ e agora os juízes podem atualizar esse sistema diariamente”, concluiu o supervisor.

Fonte: BN
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Destaque

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Criança de um ano morre após beber querosene enquanto brincava no quintal de casa

Uma criança de um ano e oito meses morreu na manhã deste sábado (13), após beber querosene…