Porto Seguro: Veracel é denunciada por destruir casa e plantações na Fazenda São José sem mandado judicial; Servidores do Parque Nacional Pau Brasil estariam envolvidos

3 primeira leitura
0

A Empresa Veracel está sendo acusada mais uma vez de praticar reintegração de posse sem mandado Judicial, desta vez em Vale Verde, Distrito de Porto Seguro. Segundo apurou a reportagem do Futucando, a proprietária do imóvel rural denominado Fazenda São José no Córrego da Goiaba, Maria José Nascimento,  registrou B.O (Boletim de Ocorrência) denunciando que prepostos da Veracel e guardas do Parque Nacional do Pau Brasil foram até o local no dia 16 de fevereiro deste ano e sem apresentarem mandado Judicial, promoveram um quebra-quebra, destruindo a casa, plantios e benfeitorias.

No local estava apenas o morador, Edmundo Santos, conhecido como Caboclo, parente da proprietária e que segundo o mesmo contou, foi humilhado ao ser levado com suas coisas em um veículo próprio para transportar animais: “me levaram de qualquer jeito, no meio de animais e fezes, estou com minha família morando de favor na casa de Maria José”, contou o homem com lágrimas nos olhos.

A Proprietária do Imóvel, no Córrego da Goiaba em Vale Verde, por intermédio de seu advogado constituído, Dr. Mário Junior Amorim, já ingressou na Justiça contra a Veracel Celulose, sob a acusação de invasão da sua propriedade e que segundo ela, foi comprada por seu pai há mais de 35 anos, onde foi criada com seus irmãos.

Veja o Boletim de Ocorrência:

Maria José contou que dias antes (foto), guardas da Visel teriam ido ao local, tomado café e acompanhados de um “representante” do PN Pau Brasil, teriam dito que a propriedade estaria dentro da reserva, fato que seria estranho, pois em volta da propriedade há plantios de eucaliptos da Veracel que avançou sobre as suas terras.

Veja imagem tirada de celular:

Antes

Depois:

Após a destruição, a Veracel teria ainda bloqueado o acesso à fazenda São José, utilizando uma máquina para fazer um buraco na estrada, impossibilitando o acesso de veículos, conforme imagem:

O Advogado Dr. Mário Júnior Amorim, já protocolou na Justiça em Porto Seguro, um Processo contra os envolvidos.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Lei que coloca motorista embriagado na prisão por até oito anos entra em vigor

Entrou em vigor, a partir de sexta (20), a Lei 13.546/17 que prevê a prisão de 5  a 8 anos…