‘Leis não consideram a realidade das mulheres’, afirma a presidente do STF

2 primeira leitura
0

A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, disse nesta quinta-feira (10), que as leis brasileiras são feitas por homens, sem levar em consideração a realidade das mulheres. Cármen Lúcia participou do “Womenwill” do Google, no centro Internacional de Convenções de Brasília. O evento é uma iniciativa para criar oportunidades econômicas, promover o desenvolvimento e o sucesso das mulheres ao redor do mundo. Em meio aos aplausos quando subiu ao palco, a presidente declarou que as leis não são pensadas na realidade das mulheres. Isso porque , segundo ela, apesar das mulheres serem maioria no país, as leis são feitas majoritariamente por homens. “Nós não queremos, definitivamente, um mundo de mulheres, por mulheres ou para mulheres. Queremos um mundo de homens e mulheres felizes”. Além disso, Cármen destacou a desigualdade de gênero no mercado de trabalho. A presidente da Corte ainda deu um recado para as mulheres presentes na plateia: ” Não adianta apenas aprender. Aprender e trancar como ideia na cabeça não resolverá a sua vida, nem a de ninguém. Quando a gente aprende a aprender e a fazer a gente reaprende a ser. A gente se reinventa com o conhecimento que é trazido, e temos a capacidade de mudar”, reiterou.

Fonte: BN
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Corregedoria do MP em Brasília determina abertura de Processo Administrativo contra promotor que agrediu jornalista

A Corregedoria Nacional do Ministério Público [CNMP] por meio do seu titular, Orlando Roch…