Funcionários de serviços gerais são acusados de abusar de criança de 6 anos em banheiro de escola particular; polícia investiga boatos de que seriam 40 vítimas.

2 primeira leitura
0

Dois homens foram presos na cidade de Itapajé, no interior do Ceará, por suspeita de abusar sexualmente de uma criança de seis anos. De acordo com informações da Tribuna do Ceará, o crime teria sido cometido dentro de uma escola particular por dois funcionários da área de serviços gerais. Segundo a promotora da cidade, Valesca Bastos, a denúncia chegou ao delegado no último dia 30 de maio. “Ficamos com medo de que eles fugissem porque o boato se espalhou rápido pela cidade. A Justiça procurou agir rapidamente. Na segunda-feira já havia um mandado de prisão preventiva para os suspeitos, e durante a noite eles já foram presos”, declarou Valesca à Tribuna do Ceará. Após a conclusão do inquérito, o documento deve ser encaminhado à promotora, que vai decidir se oferece denúncia contra os suspeitos. “Houve um boato de que haveria cerca de 40 vítimas. Esse número não é um número confirmado. É absurdo, indignante, e é por isso que a Justiça está se mobilizando para dar prioridade total ao caso”, comentou a promotora.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Veracel é acusada de roubar gado e vender área de preservação ambiental; Produtor rural busca a justiça

Sitiantes e pequenos criadores da região do Embaré, localizada na zona rural de Eunápolis,…