Eunápolis: Presidente Paulo Brasil encerra sessões ordinárias e não coloca em votação pedido de cassação protocolado

2 primeira leitura
0

Nesta quinta-feira (7) não haverá sessão ordinária na Câmara Municipal de vereadores de Eunápolis que já encerrou os trabalhos legislativos e está se preparando para o recesso parlamentar.A Câmara estará de portas abertas para “atendimento” ao público até o dia 20 de dezembro e somente sessões extraordinárias poderão acontecer caso sejam convocadas pelo executivo (prefeito).

Foi protocolado na manhã de segunda-feira (4), pelo advogado Mário Júnior, o segundo pedido de apreciação de denúncias e instalação de CPI, objetivando a votação da cassação do mandato do prefeito afastado, Robério Oliveira. O advogado, autor do pedido, já denunciou Paulo Brasil pela suposta prática de prevaricação por não atender a ação popular e submeter ao plenário a decisão de acatar ou não as denúncias contra o prefeito afastado na Operação Fraternos e sua cassação do mandato.

O advogado está analisando se cabe mais uma ação contra a Câmara Municipal pelo encerramento antecipado do ano legislativo e a falta de “interesse de Paulo Brasil” em não dar a devida importância às denúncias de fraudes em licitações supostamente praticadas na Prefeitura Municipal de Eunápolis.

O Presidente da Câmara, vereador Paulo Brasil, já arquivou dois pedidos de cassação: um foi protocolado pelo vereador Arthur Dapé e outro protocolado pelo advogado Mário Júnior, todos baseados em pareceres jurídicos e nenhum apreciado pelo plenário da Câmara Municipal.

 

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Denúncia
Comentários estão fechados.

Veja Também

Esporte: Eunápolis é campeã do Intermunicipal 2017

Eunápolis venceu a seleção de Euclides da Cunha no agregado dos dois jogos da final e se t…