Estudo aponta que comer tomate ou maçã retarda envelhecimento dos pulmões

1 primeira leitura
0

O consumo diário de três maçãs ou dois tomates frescos retarda o envelhecimento natural dos pulmões e repara danos causados pelo tabagismo em ex-fumantes. A afirmação é de pesquisadores da Escola de Saúde Pública Johns Hopkins, nos Estados Unidos. De acordo com o estudo, uma dieta com muitas frutas e vegetais frescos reduz o declínio da função pulmonar. Segundo o jornal O Globo, os cientistas analisaram a dieta e a função pulmonar de mais de 650 adultos em 2002 e, novamente, dez anos depois. O declínio pulmonar foi menor entre os participantes que comiam dois tomates ou três maçãs por dia. “Este estudo mostra que a dieta pode ajudar a reparar o dano pulmonar em pessoas que pararam de fumar”, afirmou a principal autora da pesquisa, Vanessa Garcia-Larsen. A pesquisadora ressaltou que as descobertas reforçam a importância de dietas recomendadas, especialmente para pessoas com risco de doença pulmonar.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar mais por Saúde

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Veja Também

Bahia tem menos de um leito de UTI pelo SUS para cada 10 mil habitantes, aponta CFM

Um levantamento divulgado nesta quarta-feira (12) pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) …